terça-feira, 29 de novembro de 2016

Para fazer-se a Novena com fruto, pode-se:
1. Fazer a oração mental.
2. Visitar a Maria diante de alguma das suas imagens, rezando-se nove Ave-Marias e a oração própria da festa, como se indica noutro lugar.
3. Fazer muitos atos de amor a Jesus e Maria. 
4. Ler, cada dia, por um quarto de hora escritos que tratem das glórias de Maria. 
5.Praticar alguma mortificação
6. No dia da Festa consagra-se a Maria.

*
Novena da Imaculada Conceição - 8 de dezembro


Virtude que se deve pedir: A pureza de intenção.
Rezai cada dia nove Ave-Marias, e a oração seguinte:

Folgo, ó Imaculada Rainha, de vos ver enriquecida de tão grande pureza. Agradeço e me proponho agradecer sempre ao nosso comum criador o ter-vos preservado de toda a mancha de pecado. Quisera que todos vos reconhecessem por esta bela Aurora, sempre ornada da divina luz; por esta Arca de salvação, preservada do naufrágio universal do pecado; por esta Pomba perfeita e sem mancha, como vos nomeava o vosso divino Esposo; por este Jardim fechado, delícias de Deus! por esta Fonte selada, onde nunca o inimigo pôde penetrar para turvar as águas; e enfim, por este lírio brilhante de brancura que devia nascer entre os espinhos dos filhos de Adão: todos vem ao mundo manchados do pecado original e inimigos de Deus; vós, pelo contrário, nascestes inteiramente pura e agradável aos olhos do criador. Deixai-me celebrar os vossos louvores, clamando com o vosso próprio Senhor: Vós sois toda bela, em vós não há mancha alguma, ó Pomba sem mancha, ó criatura tão cara a Deus! Como sois bela, ó minha amada; como sois bela,ó Virgem Imaculada, dulcíssima e muito amável Maria! Ah! não vos desprezeis de lançar um olhar sobre as chagas da minha alma: sim, volvei sobre mim olhos de compaixão, e curai-me. Ó doce Amante dos corações, a vós atraí o meu miserável coração. Desde o primeiro instante da vossa existência, aparecestes pura e bela diante de Deus: Tende pois compaixão de mim, que, não somente nasci no pecado, mas que, depois do meu batismo, de novo manchei a minha alma. Este Deus que vos escolheu por sua Filha, sua Mãe e Esposa, e, por isto, vos preservou de toda a manha e vos preferiu no seu amor a todas as criaturas, que vos poderia recusar? Ó Virgem Imaculada, a vós pertence salvar-me; fazei que me lembre sempre de vós, e não vos esqueçais de mim. Parece que mil anos me separam do feliz dias em que irei para o paraíso contemplar a vossa beleza, cantar os vossos louvores e amar-vos com um amor mais ardente, ó minha Mãe, minha Rainha, minha amadíssima, belíssima, dulcíssima, puríssima e toda imaculada Maria! 

sábado, 26 de novembro de 2016

Livreto: "Preparação para o Natal", adquira o seu!

O Apostolado da Oração da capela Nossa Senhora das Alegrias com o objetivo de auxiliar a seus membros e aos demais a bem se preparem para o Natal que se aproxima e aproveitarem melhor este tempo litúrgico do Advento organizou um livreto intitulado "Preparação para o santo Natal".
   Nele estão contidos: uma introdução de nosso diretor espiritual, Dom Tomás de Aquino Ferreira da Costa; o catecismo de São Pio X (a parte referente ao Advento e Natal); explicações litúrgicas sobre a história, a mística e a prática do Advento, bem como sobre cada um dos domingos, do abade Dom Guéranger; meditações de Santo Afonso de Ligório para os domingos do Advento, e sua excelente novena de Natal; uma explicação sobre as têmporas; e uma oração para noite de Natal.
   Aos que quiserem adquirir o livreto, em formato pdf, para que possam imprimi-lo ou utilizar da maneira mais conveniente, favor entrar em contato pelo 
e-mail: jornalafamiliacatolica@gmail.com



domingo, 20 de novembro de 2016

I jornada Dom Lefebvre: formação para homens.

Salve Maria!


É com alegria que trazemos as fotos da I jornada Dom Lefebvre. Agradecemos a Deus, à Santíssima Virgem  e ao nosso Bom São José por esses abençoados dias.



Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo!


*

Início da jornada



*


*


*


*







*
Agradecimentos 


Aproveitamos também para agradecer a S.E.R. Dom Tomás e ao Pe. Jahir por permitir mais uma vez a visita do Pe. Joaquim e do Irmão João Batista, que com muita caridade vieram para dar as conferências. 

Causa da nossa Alegria, rogai por nós!







quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Aviso de falecimento

A Capela Nossa Senhora das Alegrias pede a todos os Católicos orações pela alma de LUDWIG GUMZ KLUG, fiel de nossa Capela, chamado por Nosso Senhor para comparecer diante do seu tribunal no dia 09/11/2016.
***
Comunicado da Congregação Mariana:

Nosso confrade, Ludwig Gumz Klug faleceu esta noite. Apelamos para a Santíssima Virgem Maria, Auxílio dos Cristãos, a sua intercessão pela alma de nosso confrade. Ele que usava seu santo escapulário, tinha diariamente em suas mãos seu santo Rosário, e usava a fita azul de nossa Congregação, apelamos a nossa Mãe Imaculada, usar de suas promessas infalíveis pela salvação de sua alma. Nossa esperança está toda nela. Um confrade de grande piedade, que fará enorme falta, mas que, com a graça de Deus, será o primeiro Congregado Mariano de nossa Capela a entrar no céu.
Vai em paz, meu caro! Vai ser o porta-estandarte de nossa congregação no Céu, por ser o primeiro a entrar nele! Assim Deus queira, com a intercessão da Santíssima Virgem Maria. 

Congregação Mariana Nossa Senhora do Rosário de Fátima, Vitória ES.

Resultado de imagem para capela nossa senhora das alegrias congregação mariana
O Ludwig é o rapaz atrás do Padre. 

Programação para os dias de Missa

Salve Maria!

Teremos Missas e formação nos próximos dias, fiquem atentos aos horários.

- Confissões: antes das Missas

Quinta-feira (10/11)
Santa Missa às 20h

Sexta-feira (11/11)
Santa Missa às 20h

Sábado (12/11)
Começo da formação às 14h:10min
*
Santa Missa às 18h

Domingo (13/11)
Santa Missa às 10h

Segunda-feira (14/11) 
Santa Missa às 20h

Terça-feira (15/11)
Encerramento da formação às 8h
*
Santa Missa às 10h:30min

*Almoço partilhado.

***
PROGRAMAÇÃO PARA OS DIAS DE FORMAÇÃO


Pedimos a todos que puderem chegar o mais cedo possível para se confessarem, assim façam, para não atrasar o horário da Missa.
Senhores e Senhoras, lembrem-se da modéstia no vestuário, na Santa Missa, e em todas as ocasiões. A modéstia não é uniforme para Missa, é dever do cristão, em todas as ocasiões, por amor a Deus. Vale lembrar também que: Não temos opiniões sobre a modéstia, prestamos obediência ao que ensina a Santa Madre Igreja, com todo o nosso amor e submissão.

Dúvidas sobre a modéstia? Orientações da Santa Sé sobre as modas inadequadas em "Seleta de textos sobre a modéstia" das Irmãs Escravas de Maria Rainha da Paz. Adquira conosco!


"Virão modas que desagradarão muito a Nosso Senhor"

Nossa Senhora, em Fátima. Portugal - 1917

*
Orientações gerais:

Rapazes e Senhores: Calças e camisas socialDe preferência camisas sociais até o pulso.

Meninas, Moças e Senhoras: Saias abaixo dos joelhos e blusas até o cotovelo.

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

I jornada Dom Lefebvre de formação para homens - PROGRAMAÇÃO

Salve Maria!

É com muita alegria que disponibilizamos a programação para os dias da "I jornada Dom Lefebvre de formação para homens" com a presença do Padre Joaquim, FBMV e do Ir. João Batista, OSB.

*Em breve publicaremos os valores da alimentação. 
*Não será cobrado taxa para hospedagem.


***
Interessados entra em contato:
carloshenriquedelazari@hotmail.com

(27) 99245-8031
(27) 3345-5601
***


Todos estão convidados!



Coração de Jesus, Rei e Centro dos corações - 1ª Sexta-feira do mês


Resultado de imagem para crucifixo confissão soldado

Encontrava-se eu um dia em um magnífico salão: em cima do piano de cauda, num quadro muito rico, presidia como Rei o Coração de Jesus. A meu lado, uma pessoa importante, o chefe de família, homem muito inteligente, muito digno, muito estimado, almirante de valor; mas afastado de Deus e de toda prática religiosa desde... sempre. Ele era no entanto, desde a Entronização, meu grande amigo. Tinha consentido em receber muito solenemente o Mestre adorável, para ser agradável aos seus, cristãos fervorosos.

Eis-nos pois, os três amigos, a sós. Digo os três amigos, sim: o Rei, o almirante e eu.

Minha visita não tinha outro fim senão tomar de assalto aquela alma. Depois das primeiras frases antes banais, invocando interiormente a divina misericórdia, dirigi bem para o coração o primeiro golpe em meu amigo:

- Sabe o senhor, almirante, para que vim esta noite?
- Pois bem, para me dar o prazer de vê-lo e repousar-se um pouco em minha casa, em sua casa.
- Oh! não...; mas para um negócio muito mais importante: eu venho decidido a lhe dar a absolvição!
- Como, disse ele sorrindo e pensando que eu estava brincando, a absolvição! Não compreendo o que o senhor quer dizer.
- Sim, a absolvição, como o senhor está ouvindo, a absolvição, naturalmente depois de tê-lo confessado!

O almirante riu de todo coração.

"O senhor vem então assim decidido, armado para a guerra?"

E riu de novo.

"Sim, perfeitamente decidido, não estou brincando, caro almirante. Olhe para este quadro; é bem o vosso e o meu Rei, é o Legislador dos grandes e dos pequenos, dos almirantes e dos marinheiros, todos são iguais diante d'Ele ... É o Rei de sua mulher e todos aqui o adoram de joelhos, todos vivem sua fé e observam suas leis, todos exceto ... o senhor, caro almirante! ...Vejamos, em seu nome, em nome de seu Coração que tanto, tanto o amou, e que me envia para oferecer-lhe a sua misericórdia, diga sim, reconheça-O de joelhos como seu Mestre, deixe-me vencê-lo pelo seu Coração ... O senhor vai confessar-se, não é?

Ele não ria mais, e mudando de tom:
- Mas, se a morte viesse nesta mesma noite, será que o senhor Lhe diria para voltar dentro de um ou dois meses, porque hoje o senhor não está preparado? Pois bem, não é a morte, é a vida, é Jesus que bate, que pede, que manda hoje: oh! almirante, não Lhe diga não, eu lhe peço em nome de seu Coração que o ama, queira cair de joelhos".

Ele estava pálido, muito emocionado, silencioso.

"Em nome do seu Coração que lhe oferece o perdão e o céu, diga sim, almirante, seja soldado corajoso, deixe-se vencer por esse grande Rei, Rei de amor, ponha-se de joelhos!"

Está feito, e ele chora! Levanto-me, abraço-o tão emocionado quanto ele "Consummatum est" e, depois de uma preparação fervorosa, admirável, de uns quinze dias, o grande dia chegou. Betânia, toda inteira desta vez, aproximou-se da Sagrada Mesa. O mais feliz de todos foi o grande soldado, vinte vezes condecorado, vencido pelo seu Salvador e que chorava de alegria. 

Ele foi mais que fiel, fervoroso até a morte. Morreu nos meus braços, alguns anos depois, murmurando: "Jesus, eu te amo porque és Jesus... venha a nós o teu reino!" 

Jesus, Rei de amor
Padre Mateo Crawley- Boevey


quarta-feira, 2 de novembro de 2016

A santidade é uma realidade permanente, atual


"A medida que o ódio se eleva há o amor que sobe; a falange do amor vencedor."
Resultado de imagem para padre mateo crawley boevey
Salve Maria!
Segue um trecho do livro "Jesus, Rei de amor" do Padre Mateo Crawley, que fala-nos de uma santidade simples, aquela que é adquirida na renúncia das pequenas coisas e que está ao alcance de todos. Que tal leitura possa nos animar nas lutas diárias.



A santidade é uma realidade permanente, atual.

Existem santos, grandes santos hoje, vivendo bem perto de nós, em torno de nós! Como são numerosos aqueles que imaginam que a santidade é uma fonte que já secou, que os santos são heróis, gigantes de uma raça extinta para sempre! Pensando assim, desconhece-se a eterna e permanente fecundidade da Igreja. Eles esquecem que, no Credo, nós dizemos, não que ela foi santa, mas que Ela é Santa em sua fecundação, sua doutrina, nos heróis de santidade que ela formou e formará até o fim dos séculos. 

A santidade é de todos os tempos, porque a sua fonte, Jesus, é inesgotável.

Fala-se assim, porque, talvez, confundem-se as modalidades de santos com aquilo que constitue a própria santidade. Quero dizer que a Providência não quererá talvez, em nossos dias, apresentar ao mundo santos que, pelo exterior brilhante, provoquem a atenção e admiração, como foi o caso de um Francisco de Assis ou de um Cura d'Ars. É bem possível com efeito que não topemos com um santo no estilo, digamos, de São Vicente Ferrer; mas é bem possível que esteja bem perto de nós, sem que o saibamos, um outro santo, e quem sabe mais santo ainda, mas que seria antes da "escola" de Nazaré: ele não ressuscita cadáveres físicos, mas no silêncio, escondido, perdido em Deus, muito simples na aparência, ressuscita almas. Sabê-lo-eis um dia. 

Resultado de imagem para santa teresinha do menino jesus criançaO Papa Pio X, mostrando um dia o retrato de Teresinha, dizia: "Eis a maior santa dos tempos modernos". - Mas, alguns anos antes, quem teria suspeitado disso, quem? Ninguém! Existem ainda centenas de testemunhas que viram Teresinha, que lhe falaram, que puderam admirar algumas de suas raras qualidades e notar alguns de seus defeitos. Quantas dessas pessoas pensaram que haveriam de ver um dia, bem cedo, aquela criança sobre os altares, e que a sua apoteose extraordinária, e o dilúvio de seus milagres sacudiriam a terra inteira como uma tempestade de fogo?

Quem teria ousado dizer dela, então, mesmo admirando os seus dons, aquilo que, em nossos dias, disse o grande Pio X: "Um prodígio de graças e um milagre de prodígios?" Ninguém! E no entanto ela é de ontem, suas quatro irmãs vivem ainda*; a 2 de janeiro de 1927, ela completou no céu e nos altares 54 anos!

Certamente, como no seu caso, para muitas outras almas predestinadas, o silêncio, a obscuridade, a simplicidade de sua vida, escondem-nos um esplendor celeste, uma santidade senão canonizada, certamente canonizável. 

Quantos desses, verdadeiros santos, ao nosso lado, só serão conhecidos quando a morte quebrar o vaso de barro e se espalhar então sobre a Igreja o perfume delicado do seu heroísmo, da sua luz e da sua flama. E mesmo isso nem sempre está no plano da Providência, pois o maior número de santos ficará nesta terra, desconhecido, mesmo tratando de grandes santos.

O nosso tempo conhece os dois extremos: o ódio e o amor. - A medida que o ódio se eleva há o amor que sobe; a falange do amor vencedor. 

É a época do mal; mas é também, o século dos grandes santos. 

Jesus, Rei de amor - P. Mateo Crawley - Boevey

*Na época em que o padre escrevia.

terça-feira, 1 de novembro de 2016

Solenidade de todos os Santos - Catecismo de São Pio X

***
PROGRAMAÇÃO DA CAPELA PARA ESSA SEMANA

Terça-feira (01/10)
Rosário às 20h seguido da Ladainha de Todos os Santos

Quarta-feira (02/10)
Rosário às 9h no Cemitério de Maruípe
*Nos encontraremos no portão principal

Quinta-feira (03/10)
Hora Santa às 20h

Todos estão convidados!

***
01 de Novembro - Festa de todos os Santos

/Resultado de imagem para festa de todos os santos

CAPÍTULO X
Da festa de Todos os Santos